Instaltec Tecnologia em Instalações
  • compromisso
    com a qualidade,

    responsabilidade
    e satisfação

    plena dos clientes

  • Aliando a

    Tecnologia,

    Furukawa e a

    Garantia TIA/ISO

    de Qualidade

    pode ficar

    tranquilo

    sua empresa está

    em boas mãos

  • redes projetadas de

    forma personalizada

    para cada situação.

    a instaltec

    oferece suporte

    a toda as suas

    necessidades

    em redes de

    computadores

novidades

Página Inicial / Novidades / 2016 /
Cientistas criam tecido capaz de carregar bateria de smartphones

Cientistas criam tecido capaz de carregar bateria de smartphones

22 de Novembro de 2016

Com tantas fontes de energia renovável surgindo por aí, não seria de se espantar se você começasse a recarregar seu telefone celular através de fotocélulas ou energia eólica, não é verdade? Mas, agora, mais do que isso, uma equipe de cientistas descobriu o jeito ideal de obter, armazenar e fornecer energia para smartphones, diretamente da sua roupa.

O grupo de estudiosos de nanotecnologia criou uma malha de fios cobre flexível o suficiente para ser costurada em tecido, como lã ou tricô. O aparato consegue captar e armazenar energia solar simultaneamente, sendo uma prova concreta de que é possível usar camisas hi-tech o suficiente para gerar carga para seu smartphone. Em outras palavras, a menos que esteja de noite, você vai poder sair por aí com uma roupa que mantém seu celular sempre com o máximo de bateria possível.

"O mais importante é a portabilidade do dispositivo", diz o Dr. Jayan Thomas, pesquisador do Centro Tecnológico de Nanociência da Universidade da Flórida Central. "Em vez de usar dois aparelhos distintos, integramos [o sensor e a bateria para armazenamento] tudo em um filamento só".

O filamento é feito de uma fotocélula e um supercapacitor para armazenar energia. Ambos compartilham de um mesmo eletrodo, e é possível agrupar vários destes dispositivos e costurá-los em um pedaço de tecido. Inspirado pela tecnologia do tênis de Marty McFly em De volta para o futuro II, o cientista diz que a invenção pode servir de auxílio em vários campos: desde o militar até o novíssimos nichos dos drones e veículos elétricos.

Por enquanto, o dispositivo ainda é um protótipo costurado em um pedaço de tecido feito de lã. Mas Thomas diz que está estudando uma melhor maneira de costurar tudo e deixar o conjunto flexível o bastante para ser pregado à roupa. Por ora, não dá para dobrar o projeto, mas a equipe do cientista revela que isso é questão de tempo, apenas.

Via canaltech.com.br